,

Arvore de Jah: audaciosamente indo onde a maconha nunca esteve

fã de reggae

A atual ciência nos diz ser impossível ter uma overdose de maconha, mas, se álguem um dia conseguir, será sem dúvida um integrante da Arvore de Jah. Em um misto distópico de OVERDROGAS com fotos de PRINCESOS DA ABA RETA, essa obra de arte do psicodelismo nos apresenta uma definição visual do termo vergonha alheia.

O blunt de Judah, a babilônia incadescente, enfim, o óregano estragado que esses malucos fumaram os leva a balbuciar gritos ininteligíveis e, quiçá, criar uma nova lingua: O MACONHÊS.

Veja com seus próprios olhos vermelhos o que o verde da natureza nos proporcionou:

Confessionário