in

Crítica construtiva

Coitado do moleque, tendo usar vídeo de YouTube pra outros propósitos. Imagina a felicidade no olhar dele quando descobrir aqueles sites lá que a gente conhece.

Deixe uma resposta

Loading…

Comentários