Exorcistas afirmam: Internet deixa os jovens vulneráveis a Satanás

jornaljm

Sacerdotes católicos e especialistas em exorcismo reunidos em um curso para exorcistas em Roma alertaram que o acesso à internet e a novas tecnologias facilita o contato com seitas satânicas e a difusão do culto ao demônio.

Uma preocupação dos organizadores do curso, organizado pela Universidade Regina Apostolorum, é o risco de que os jovens, muitos dos quais utilizam a internet regularmente, estejam mais vulneráveis ao satanismo.

SATANAS BOLADASSO CEIFADOR DE JOVENS QUE USA A INTERNET

“O sacerdote com uma boa preparação pode ajudar muito a enfrentar o problema do fascínio exercido pelo satanismo sobretudo em jovens frágeis ou que vivem em situação de dificuldade”, disse o porta-voz da Universidade Regina Apostolorum, Carlo Climati, ao apresentar o curso.

O padre Cesare Truqui, um dos organizadores, disse que, “além de padres, há psicólogos, médicos, advogados e outros especialistas que ajudam os sacerdotes no discernimento dos casos, para entender se o que se passa com a pessoa sai da normalidade”.

Um dos professores do curso, o padre exorcista Gabriele Nanni, disse que as pessoas ficam expostas ao buscar na web informações sobre práticas satânicas e ocultismo.

“Graças à internet há grande difusão de esoterismo e satanismo, e é justamente por meio destas práticas que muitas pessoas sofrem ataques do demônio, ainda que não a ponto de serem totalmente possuídas”, disse o religioso, segundo a agência de noticias Ansa.

Nanni informou que, nos últimos anos, aumentou o número de padres exorcistas. “No mundo eclesiástico, há um aumento da atividade dos exorcistas, com um interesse maior sobretudo por parte dos sacerdotes mais jovens”, afirmou Nanni.

Giuseppe Ferrari, diretor da Gris, instituto reconhecido pela Conferência Episcopal italiana, confirmou a percepção da difusão do satanismo via internet.

“Dados científicos confirmam esta tendência. Recebemos muitas denúncias e pedidos de ajuda de pessoas que se envolvem com seitas satânicas e outros tipos de seitas”, disse.

“A internet é um veículo de informação onde se encontra de tudo. Num site de rock tipo ‘heavy metal’, por exemplo, abrem-se links para sites, e as vias de acesso são infinitas.”

Fonte: Paulopes

Confessionário