in

Mórmons se preparam para o fim do mundo, que pode ser em breve

jornaljm

Armazenar alimentos e água suficientes em caso de um grande desastre, perda de emprego ou mesmo o fim do mundo é parte dos ensinamentos fundamentais da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Mas parece que a ideia está se espalhando.

Perto de Salt Lake City, capital mundial da seita mórmon, como são mais conhecidos, existem dezenas de grandes silos cheios de grãos. “A sabedoria em preparar estoques é ensinado fortemente entre os mórmons”, explica Paul Fulton, presidente da Ready Store, especializada em vender comida para os que desejam estar preparados para o fim do mundo.

2013122720131227article-0-1a460bc700000578-646_634x392

A prática dos mórmons em estar sempre preparados começou na primeira década do século 19. Nessa época, Joseph Smith, seu fundador, atraiu pessoas de todo o país para o que era chamada de Terra Prometida, o Estado do Utah, conta Matthew Bowman, professor de religião no Hampden-Sydney College.

Os líderes da Igreja preparavam listas do que as pessoas precisavam comprar, e depois armazenavam em depósitos de alimentos nas cidades que iam fundando. Após a Segunda Guerra, líderes da igreja preocupados com uma iminente guerra nuclear alertavam os mórmons usando uma retórica apocalíptica, sempre incentivando o armazenamento de alimentos. Com isso, cada família era incentivada a ter uma reserva para cerca de dois anos, disse Bowman.

Nas últimas duas décadas, o foco no armazenamento de alimentos mudou um pouco, mas a prática ainda é ensinada. Rick Foster, gerente de Serviços Humanitários da Igreja dos Santos dos Últimos Dias conta que a igreja tem enormes armazéns em cujas prateleiras estão empilhados caixas de comida que poderiam estocar 143 supermercados médios. Elas estão ali caso seja preciso fornecer alimentos aos membros necessitados.

Foster disse que a igreja tenta manter um suprimento de comida de seis meses em cada um dos armazéns. Existem 101 centros de armazenamento de alimentos coordenados pela igreja. Embora muitas famílias mórmons mantenham hortas caseiras para esse fim, a igreja possui suas próprias fazendas, ranchos de laticínios e fábricas de conservas.

As casas de muitos mórmons estão equipadas com prateleiras especiais para armazenar latas de comida preparadas para durar até 25 anos. Nos últimos anos, a procura tem aumentado e a igreja teve de fazer uma série de adaptações em sua logística de produção a armazenamento. O fim do mundo está chegando. Pelo menos para os mórmons.

Fonte: Gospel Prime

Deixe uma resposta

Loading…

Comentários