O clássico da paz Vitória X Bahia redefiniu tudo que se conhecia como cenas lamentáveis

Um clássico da paz que não foi tão da paz assim.


Domingão, clássico do futebol baiano, e uma partida encerrada mais cedo por não ter mais o número mínimo de jogadores necessários depois de tantas expulsões.

Vitória X Bahia começou bem, com os jogadores até abraçados pela paz.

Primeiro tempo foi normal, Vitória tava ganhando de 1×0, alguns cartões amarelos distribuídos, segue o jogo.

Mas no segundo tempo o bicho pegou depois do gol do Bahia.

O jogador que marcou foi fazer dancinha na frente da torcida adversária, aí amigo, o tempo fechou.

Chegou o goleirão do Vitória, depois os companheiros de time, e o caos se instalou.

Foi troca de soco de dar inveja em lutador do UFC.

Nessa bagunça foram expulsos 3 jogadores do Vitória e 4 do Bahia.

Foi briga até no meio do atendimento médico.

Tanta confusão que até os companheiros de time começaram a se estranhar.

Longos 14 minutos depois, com o campo mas vazio que uma quadra de tênis, o jogo foi reiniciado.

Mas se alguém achava que a confusão tinha acabado, o Vitória, aparentemente de propósito, cavou mais dois cartões vermelhos, ficando com apenas 6 jogadores em campo. Só que o mínimo que uma equipe precisa ter em campo pro jogo continuar é de 7 jogadores,  e o jogo teve que ser encerrado depois de tantas expulsões.

Sente como ficou o resumo do jogo:

E foi assim que acabou o CLÁSSICO DA PAZ!

Assista a confusão completa: