in

Pokémons após o uso do Crack

vitrine_pokemons

Todos sabemos que usar crack é uma péssima ideia. Crack mata, crack te faz perder os dentes, crack te deixa que nem um zumbi e em alguns casos estraga seu computador com programas piratas. Mas as campanhas de conscientização às vezes não conseguem atingir a todos os públicos e muita gente não entende os malefícios da droga.

Por isso mostraremos para vocês 5 exemplos de Pokémons que eram saudáveis, tinham um emprego e família mas acabaram caindo no mundo da pedrinha da tristeza. Vamos lá:

charizard

Vejam como o Charizard era cheio de energia, disposto a continuar e um sucesso com a mulherada. Acabou se transformando num dragão disforme e deprimido com a vida, que pensa todos os dias em se enforcar no ventilador.

gyarados

O Gyarados era o rei dos sete mares, o malandrão dos oceanos. Infelizmente, com o uso de crack perdeu peso, ganhou olheiras profundas, cara abatida e todas as suas cores vivas. Hoje em dia vive numa beira de praia pedindo esmola para pescadores.

golbat

Percebemos aqui que o Golbat era um morcego sério, centrado, com um bom estágio numa multinacional e uma vida repleta de sonhos. Após o crack passou a perder a noção de realidade, a rir de tudo, ser cada vez mais indesejado nas rodinhas de amigos, nos happy hours nas cavernas e nas festas de fim de ano da empresa.

machoke

Machoke foi um grande fisiculturista, fundador do Clube da Maromba e já ganhou diversos prêmios com seu corpo. Já foi um atleta renomado e chegou a participar de Olimpíadas. Mas aí veio o crack. Ele acabou virando um Pokemon com graves sequelas e problemas mentais que fica andando pelas ruas gritando com árvores e objetos inanimados.

mewtwo

Considerado por muitos o melhor Pokemon que já existiu, Mewtwo tinha grandes filosofias, uma bela voz, uma armadura tunada e grandes poderes psíquicos. Depois do crack perdeu sua sanidade, ficou corcundinha, com cara de traficante e passou a torcer pelo Flamengo.


Deixe uma resposta

Loading…

Comentários