,

Um dia de fúria da espiritista maçônica de Guaramirim

A gente já viu muita coisa maluca, bizarra e retardada aqui neste site, mas essa é a primeira vez que ouço falar dessa tal “religião” chamada “Espiritismo Maçônico” (primeira linha do post e já tô rindo, socorro).

A reportagem já seria sensacional apenas pelo repórter esquisito, mas a entrevistada… superou.

A história é a seguinte: uma vendedora de “orelha de gato” (que tive até medo de pesquisar no Google pra saber do que se trata) teve um ataque de fúria quando disseram que tinham feito uma “maçonaria do mal” pra ela. Sim, isso mesmo que você leu… fizeram uma MAÇONARIA pra mulher.

Pra tentar tirar o tal trabalho maçônico espiritista do mal, a maluca invadiu uma capela, rasgou uma bíblia, bagunçou tudo, e pra coroar esse belo bolo de cagada… MIJOU DENTRO DA IGREJA.

Segundo a própria moça, ela já fumou crack, maconha e cheirou UM POUQUINHO de cocaína. Mas hoje em dia ela é apenas bipolar, só fuma seu cigarrinho e pratica apenas a “maçonaria para o bem”.

Tá aí uma coisa que aprendemos hoje: não irrite nunca uma espiritista maçônica. Jamais!

Confessionário


Kinect do Xbox One pode captar mais coisa do que você imagina

Policial vai revistar manifestante e acaba se dando mal