Macacos do Panamá teriam acabado de entrar na idade da pedra – Jesus Manero

Macacos do Panamá teriam acabado de entrar na idade da pedra


680 shares

Um grupo de investigadores descobriu que uma população de macacos-prego-de-cara-branca do Panamá entrou na Idade da Pedra. Os animais começaram a usar ferramentas de pedra para conseguir partir nozes e marisco, tornando-se o quarto tipo de primatas a fazê-lo, depois de nós, humanos.

De acordo com um novo estudo, disponibilizado em pré-publicação no BioArXiv no início de julho, o grupo de macacos habita a ilha de Jicarón, uma pequena ilha na costa do Panamá pertencente ao Parque Nacional de Coiba. Existem três ilhas no parque e todas têm esta espécie animal.

Os macacos de Jicarón começaram a usar ferramentas – mas nem todos. Apenas os machos de uma determinada região da ilha recorreram a estas ferramentas. “Ficámos surpresos com o facto deste comportamento parecer estar associado a uma determinada localização geográfica“, disse Brendan Barrett, autor principal do estudo e investigador do Instituto Max Planck de Ornitologia.

Estes comportamentos foram relatados pela primeira vez no parque em 2004, quando a co-autora da pesquisa, Alicia Ibáñez, observou os macacos a usar ferramentas de pedra.

Em março de 2017, os pesquisadores voltaram à região e colocaram “armadilhas” que continham câmaras de vídeo em todas as ilhas, de forma a capturar os macacos no momento em que utilizavam a ferramentas.

A equipa viu então os macacos machos a partir cocos, caranguejos e caracóis. No entanto, os investigadores não conseguiram explicar o por que do comportamento não ser difundido para os outros grupos na ilha. Apesar disso, a equipa notou que os macacos se movem em grupos e, por isso, a inovação deve espalhar-se.

Os investigadores sugerem que é possível que a entrada na Idade da Pedra tenha uma componente casual, em vez de ser fruto da evolução dos primatas. Por exemplo, é possível que um individuo da população de macacos fosse mais inteligente do que os restantes e começasse a usar ferramentas, que foram depois copiadas por outros.

E, tendo em conta que as opções alimentares destes primatas são limitadas, a utilização de ferramentas pode aumentar as suas hipóteses de sobrevivência.

A equipa espera que sejam realizadas mais pesquisas sobre a espécie, de forma a melhor compreender o que está a acontecer com estes macacos do Panamá.

Os macacos-de-cara-branca são a segunda espécie americana a entrar na Idade da Pedra. Outro grupo de macacos, encontrado na América do Sul, também usa ferramentas de pedra e pode estar a fazê-lo há 700 anos. As outras duas espécies são macacos na Tailândia e chimpanzés na África Ocidental.