O dia que um cara sem medo de morrer bancou o salvador de guarda-sol na praia | Jesus Manero