O misterioso caso do alfinete escondido na banha


424 shares

– E ai diabo!
– E ai Deus, firmeza?
– Que que você anda fazendo?
– Altas diabruras meu! Ontem escondi um alfinete de bebê numa velha gorda!
– Ai Diabo só voce mesmo. Kkkkkk. Coase me mata do corassaum.

Okay, alguém puxa a corda do bonde da internet que eu quero descer.

Finalmente a humanidade conseguiu um cruzamento mais lastimável que o sertanejo universitário ou o pagode romântico, o charlatanismo com gordice.

Desafiando todos os limites do bom senso e da estupidez temos uma “cirurgia espiritual” baseada no poder de Deus. No caso específico, o poder de Deus de expulsar alfinetes de fralda de bebê das dobras de uma velha gorda.

Pelo lado bom, essa “cirurgia” não deve ter custado mais do que 10% do salário de todas as pessoas de classe C que estavam presentes no recinto ou que viram isso depois no culto.

Só um detalhe… vamos supor que exista um diabo, vamos supor que ele seja o oponente de Deus, vamos supor que a função dele é perseguir a humanidade. QUE TIPO DE SATANÁS É ESSE CUJAS DIABRURAS ENVOLVEM ESCONDER UM ALFINETE DE FRALDA DE BEBÊ NAS BANHAS DE UMA VELHA GORDA? SÉRIO, EU NÃO QUERO VIVER NO MUNDO DO DIABO COM SÍNDROME DE DOWN.