O Retorno da Boneca Maldita: o filme de terror brasileiro

Se você pudesse voltar no tempo e mostrar esse filme pros irmãos Lumiere, eles em vez de inventar o cinema se suicidaram com 4 tiros na bunda. Parabéns a todos os envolvidos.


46 shares

roberta miranda sentir

Ninguém além de Roberta Miranda poderia resumir a reação padrão a esse vídeo. Mas como aqui no JM é zuera muleque, é zuera raíz, vamos analisar o filme como se a gente fosse o Rubens Ewald Filho (aquele gordinho de cavanhaque que comenta o Oscar).

A película é realizada com maestria em um único plano sequência. Os atores não refazem suas falas ou sequer repetem seus erros, o que mostra uma clara influência do protocolo dogma. O clima de tensão corta os nervos como uma fina navalha, as cores desbalançadas gritam ao público um sempiterno horror, algo entre Satyajit Ray e Pascal Laugier.

“Oh… mó bosta!”
– The New York Times

“Não mano, não… tira a techpix da mão desses menino”
– Pai Albertinho de Ogum em mesa espirita com José Wilker

(vi no Bobagento)