in

O triste caso do menino Aldo que virou a piada dos cartões de crédito

Chega uma hora que a gente só tem que aceitar essas coisas, nem adianta brigar mais.