Os 5 filmes brasileiros mais maravilhosamente ruins da história

Você vai rir, chorar e se emocionar com essa lista de filmes que provam que o Brasileiro é antes de tudo um povo com talento.


10.6k shares

vit

Pois é… mais um ano que se passa e mais uma vez o Brasil sai dos Oscars com um total de zero prêmios. Muitos culpam o fato de só termos filmes que falam de desgraças e violência (Cidade de Deus, Central do Brasil, Tropa de Elite, O Pagador de Promessas), outros questionam a parte técnica das produções. Porém, absolutamente todos estão errados.

A verdade é que o Brasil tem de longe os melhores filmes do planeta e a culpa exclusiva do nosso fracasso no Oscar é a péssima escolha feita por quem quer que seja que manda os filmes pra lá (tenho quase certeza que é o Rubens Ewald Filho).

Foi precisamente pra corrigir essa injustiça histórica que a Academia de Artes Cinematográficas do Jesus Manero criou uma lista capaz de arrebatar todos os Oscares de todos os anos ao mesmo tempo e de uma vezada só.

Veja a lista completa clicando aqui.

Nº5 – ACQUARIA (2003)

Por um momento eu quero que vocês imaginem uma aventura adolescente na terra de Mad Max protagonizada pela dupla Sandy e Júnior… isso sequer começa a descrever a aids mental e a bad vibe sem fim que é Acquaria.

Um misto de ficção científica e aventura. Gostamos de chamar o gênero de FICÇÃO DE AVENTURA, pois acreditar que existe uma aventura no filme é mera ficção. As atuações de Sandy e Júnior são tão ruins que você vai querer ouví-los cantando.

Avaliação: 3 Rubens

rubensrubensrubens

Nº 4 – SEGURANÇA NACIONAL (2010)

O Brasil desenvolve um sistema de segurança aérea na Amazônia. Uns traficas ficam putos e resolvem fazer a única coisa que todo traficante faz quando fica brabo com alguma coisa: SOLTAR UMA BOMBA ATÔMICA NA FLORESTA AMAZÔNICA!!

É isso mesmo que você leu!! Eu não to louco não!! O FILME INTEIRO RODA EM VOLTA DE UMA BOMBA ATÔMICA SENDO SOLTADA EM CIMA DA FLORESTA AMAZÔNICA POR TRAFICANTES!!

Onde traficantes chicanos compram uma bomba atômica? Porque diabos eles vão soltar ele em cima de uma floresta? Porque o pano de fundo do filme é um romance paumolão do Thiago Lacerda? Essa são apenas algumas das milhares de perguntas que o filme falha miseravelmente em responder.

Avaliação: 3 Rubens e meio

rubensrubensrubensrubens_meio

Nº 3 – NA ESTRADA DA VIDA (1980)

Sabe Dois Filhos de Francisco? Então, foi legal né? Tinha uma mega produção e tinha atores interpretando eles. Pois sabe quem interpreta Milionário e José Rico em Na Estrada da vida? MILIONÁRIO E JOSÉ RICO! É ISSO MESMO, ELES MESMOS SE INTERPRETAM.

E não, obviamente eles não tem a menor noção de interpretação… e é precisamente isso que torna esse filme tão maravilhosamente horroroso. Na Estrada da Vida é um daqueles filmes ruins que são tão abjetos e horríveis que dão a volta na lógica e se tornam maravilhosos.

Tudo no filme é um convite ao riso por todos os motivos errados. Sejam as atuações, o baixo orçamento e até o visual de fim dos anos 7o começa dos 80 que nos leva a crer que durante ambas as décadas boa parte da humanidade era cega.

Avaliação: 4 Rubens

rubensrubensrubensrubens

Nº 2 – CONFRONTO FINAL (2005)

Imagina se o Jackson Antunes produzisse um filme de baixo orçamento usando como atores comediantes locais de Minas Gerais numa espécie de versão brasileira dantesca dos piores filmes do Charles Bronson. Imaginou?

Pois é… ELE FEZ ISSO!!

A única descrição digna da epopéia que é Confronto Final é que se nossa humanidade fosse destruída e um dia arqueólogos do futuro descobrissem uma cópia de Confronto Final eles com certeza chegariam a conclusão que os golfinhos comandavam a terra, que os macacos viviam no chão e que os seres humanos viviam na copa das árvores se alimentando de suas próprias fezes.

Confronto Final é um filme cujo as atuações só conseguem ser piores que o enredo, que por sua vez só consegue ser pior do que os efeitos especiais, que por sua vez se misturam ao charme bruto e rústico de Jackson Antunes para compor o maior queijo feito apenas com vacilo já produzido por seres humanos.

Eu vi Confronto Final no cinema e no fim da seção eu fiz questão de ir até a bilheteria e comprar mais um ingresso porque se o Jackson Antunes colocou esse filme no cinema ELE PRECISA MAIS DO DINHEIRO DO QUE EU.

Avaliação: 4 Rubens e meio

rubensrubensrubensrubensrubens_meio

Nº 1 – CINDERELA BAIANA (1998)

I de Iscola, S de Sinema. Cinderela Baiana é talvez o pior filme feito pela humanidade senão a pior coisa já feita pela humanidade contando todas as guerras, assassinatos e atrocidades. Uma versão brasileira de Uma Linda Mulher onde a Julia Roberts é substituída por uma Carla Perez pseudomoralista.

O resultado é uma overdose de vergonha alheia que vai te fazer vomitar dentro da sua garganta a cada duas ou três cenas. Obliterando completamente a linha que separa o mal gosto da doença mental, Cinderela Baiana é um filme para os fortes não sendo recomendado para quem ainda inicia sua trajetória no universo do Cinema B (nesse caso Sinema Omega).

Até hoje eu me questiono como o Brasil não foi julgado no Tribunal de Haia por crimes contra a humanidade por ter deixado esse filme ser exibido para seres humanos ou mesmo para qualquer outro ser vivo. A cena final é uma mistura de um discurso de clichês moralistas com crianças dançando sensualmente axé. 

Avaliação: 5 Rubens

rubensrubensrubensrubensrubens

——

E aí, gostou da nossa lista? Conhece algum outro filme brasileiro maravilhosamente ruim? Não deixe de compartilhar suas experiências aí nos comentários.


Gostou? Compartilhe o post com seus amigos!

10.6k shares