in

A maldosa pegadinha da Nutella no banheiro público

Vamos fazer um exercício de imaginação aqui. Você tá lá no banheiro público tranquilasso soltando aquele barro trevoso que te incomodava durante todo o dia, quando alguém na cabine do lado pede uma ajuda porque acabou o papel higiênico. Você, um cara gentil e que sabe que nessas horas de sufoco todo HELP é bem vindo, estende a mão para o próximo.

O problema é que o próximo era uma pessoa muito da ZUONA. Se liga:

Mano, na hora eu nem ia pensar duas vezes. Invadiria aquela cabine e enfiaria meu punho onde, supostamente, teria saído aquele creme marrom que o infeliz sujou minha mão. Ainda bem que era Nutella e dá pra dar uma lambidinha.

dica manera do Cabeçada