Restaurante em Nova York vai deixar o cliente pescar a própria comida | Jesus Manero

Restaurante em Nova York vai deixar o cliente pescar a própria comida


Um restaurante japonês que abrirá nos próximos dias em Nova York vai propôr aos clientes uma experiência que vai além de simplesmente sentar-se em uma mesa e esperar a comida vir pronta da cozinha. Quem quiser comer no Zauo poderá pescar o próprio peixe.

A experiência promete ser mais divertida que brincar pelo Sportingbet.

O restaurante terá tanques enormes com diversos tipos de peixes. O cliente pegará a vara –que será alugada– e a isca –essa sim de graça–, como qualquer pescador, e vai ter de fisgar o próprio alimento.

Com o peixe nas mãos, o pescador-cliente poderá escolher de qual maneira quer comê-lo. Se na forma de sushi, sashimi ou alguma outra. Além da diversão da pesca, outra vantagem é saber que o alimento estará bem fresco.

Claro que quem não tem a menor habilidade como pescador poderá pedir a um funcionário que fisgue o peixe no tanque do restaurante.

O Zauo vai abrir as portas em Manhattan, em fevereiro ou março e terá 175 lugares.

Por mais estranha que a ideia pareça, o Zauo já tem 13 unidades no Japão. Os irmãos Takahashi, donos do restaurante, visitaram Nova York en julho do ano passado e decidiram abrir o estabelecimento na cidade.

Veja também:

Funcionários tiram cochilo e cliente é obrigado a preparar sua própria comida em lanchonete

Um ex-soldado precisou fazer seu próprio sanduíche em uma lanchonete fast-food, nos Estados Unidos, porque os funcionários estavam tirando uma soneca.

Alex Bowen, de Pelion, na Carolina do Sul, foi até uma loja da rede Waffle House, na madrugada da última quinta-feira, para fazer uma boquinha depois de ter saído para beber com uns amigos. Ele até encontrou a lanchonete aberta, mas todos os funcionários estavam dormindo.

Em vez de acordar todo mundo, Bowen deixou o pessoal descansar e foi até a parte de trás do balcão fazer sua própria comida. Claro que ele tirou uma série de selfies enquanto preparava seu hambúrguer. As fotos foram publicadas no Facebook e viralizaram.

Alex Bowen preparou a própria comida enquanto os funcionários da lanchonete dormiam

Bowen, que trabalha como instalador de pisos, preparou um “double Texas bacon cheesesteak melt” antes de sair. Ele contou que não pagou pelo sanduíche. Mas que, depois, voltou à lanchonete e acertou “sua dívida”.

“Eu credito minhas ações à minha velha amiga vodca. Normalmente, não faria nada disso sem ela”, contou ao canal de TV Fox Carolina.

Um porta-voz da Waffle House disse que um gerente já pediu desculpas pelo incidente e que a lanchonete está analisando o caso. Além disso, Bowen recebeu uma oferta de emprego da rede.