in

Uma manobra radical de skate que vai te emocionar

Quando eu era moleque, gostava muito de andar de skate por aí. Vez ou outra me reunia com a galera na praça da cidade e tentava minhas manobras mais violentas (um ollie baixinho). Obviamente eu só era bom jogando Tony Hawk, o que explica eu não ter virado um skatista profissional e sim um blogueiro.

Mas esse tipo de vídeo é o que me faz pensar que eu nunca seria bom. A complexidade dessa execução é algo que eu adoraria conseguir fazer.

PS.: Eu realmente do vendo o vídeo mais vezes e gritando “ANDA, FAZ LOGO”

(dica manera do leitor Marcelo Duarte)