Vomit Blasfemin Tormentor: um exemplo de vida


2.9k shares

Ano era 1987. O horário era 23h30. Ali começava a nascer a lenda Vomit Blasfemin Tormentor (Blasfemin parece nome de remédio que cura ateísmo). O naipe você já saca desde o começo: com as pernas abertas, mãos nas fivelas e uma bela história com os primos de Carapicuíba (também conhecida mundialmente como “berço do metal”) nosso protagonista conta sobre sua trajetória.

Em um pequeno documentário de 10 minutos, você aprende como é começar como auxiliar administrativo e terminar como satanista. Como não ter nenhum inimigo eterno, apenas os cristãos (cerca de quase todo o Brasil) e como sacrificar cabras mas sem brutalidade nem maldade. Em resumo: como ser um exemplo para a sociedade.

E lembrem-se: vocês podem fazer tudo isso. O importante é apenas não usar drogas.